RECEBA O CONTEÚDO DO BLOG NO SEU E-MAIL!

Data Mining para alavancar a sua estratégia de marketing

Big Data/Analytics | Publicado por Time MJV on 1/jun/2016 12:04:24

Os avanços tecnológicos permitiram a produção, coleta e armazenamento de gigantescas bases de dados, em todos os campos. De acordo com o relatório da Cisco feito em Abril desse ano, até 2019 haverá 10.4 zettabytes (1.000.000.000.000.000.000.000 bytes) de dados disponíveis na web. 

A manipulação desse enorme volume de dados é chamada de Data Mining. No post de hoje mostraremos – sem números, nem gráficos — diferentes formas de aplicação do Data Mining no planejamento estratégico da sua empresa. Afinal, que empresa não lida com dados?

Antes de tudo: o que é Data Mining?

Data Mining - Blog MJV

Data mining é uma expressão inglesa ligada à informática cuja tradução é ‘mineração de dados’. Consiste em agregar e organizar dados, encontrando padrões, associações, mudanças e anomalias relevantes.

No plano dos negócios, o termo se refere ao desenvolvimento de insights e oportunidades na era digital, onde a abundância de dados pode auxiliar na tomada de decisões em marketing.

Técnicas de data mining auxiliam na tomada de decisões através da extração e reconhecimento de padrões, para a previsão e entendimento do comportamento de consumidores em grandes bases de dados, tarefa extremamente difícil de ser feita manualmente.

Market Mining: Juntando Mineração de Dados ao Marketing

O Modelo 5P (People, Product, Promotion, Price, Place)

Lembra dos 5 P's do Marketing? A eles (Público, Produto, Promoção, Preço e Praça) se aplicam também cinco possibilidades de Data Mining, que agrupamos de acordo com o tipo de conhecimento extraído. Esse modelo possibilita um melhor desenvolvimento de estratégias de marketing na era da informação: o que chamamos de market mining é a junção dessas técnicas.

A fonte dos dados é plural: desde enquetes e entrevistas até dados de redes sociais e afins. 

A própria visualização dos dados, apesar de permear todas as outras categorias, tem se destacado como uma categoria própria, uma vez que é responsável diretamente por uma gama de insights

Vamos então aos 5P's do market mining: 

People (Pessoas): Identificando e entendendo o público

É essencial para a eficiência do marketing contemporâneo, pela alta concorrência nos mercados, identificar e entender específicos grupos de clientes. Desde a segmentação de acordo com padrões de comportamento, até a identificação de diferentes tipos de personas.

Devido à grande quantidade de dados disponíveis atualmente, e a algumas limitações computacionais, ainda é mais viável caracterizar os clientes por perfis, do que análises estritamente individuais. É melhor identificar interesses e comportamentos em comum e agrupá-los em perfis.

Potenciais e limitações: A granularidade de tais atividades pode até aproximar do marketing individual, porém o desempenho requer um esforço maior no que diz respeito à qualidade de dados e sistema computacional.

Product (Produto): Qual é a percepção a respeito da sua marca?

Existem inúmeros modelos desenvolvidos para a análise de Produtos. Em particular, uma aplicação extremamente útil reside na chamada Análise de Sentimento: o monitoramento constante do conteúdo publicado em redes sociais, e na web em geral, sobre determinado Produto, estratégia de marketing e afins.

Tal análise auxilia nas estratégias de marketing voltadas para a reputação do Produto e da empresa em geral, através da medição do sentimento do público alvo, regulando a assertividade de campanhas em geral.Outra aplicação clássica corresponde à ontologia de produtos. O conceito é combinar produtos que apresentem algum tipo de similaridade.

Potenciais e limitações: como não existe uma categorização central, diferentes lojas podem categorizar os seus produtos de formas aleatórias, dificultando a associação de produtos concorrentes. Pode-se, também, associar produtos para identificação de oportunidades de vendas combinadas.

Promotion (Promoção): Criando campanhas de sucesso

Uma das formas de aumentar as vendas e a retenção de clientes é através da aplicação de promoções voltadas para um público especifico. Nesse contexto, é importante entender o impacto econômico e social de suas campanhas, para alinhamento de estratégias.

Análises focadas em campanhas promocionais podem se beneficiar de dados coletados por pesquisas de opinião, enquetes online e, eventualmente, análises de mídias sociais. 

Outro exemplo comum é a análise de cesta de produtos, voltada para o desenvolvimento de sistemas inteligentes de recomendação de produtos. Essa prática já é amplamente utilizada por empresas como Amazon e outras de e-commerce.

Price (Preço): Avaliando a relação entre cenário econômico e demanda

A ideia sobre o elemento Preço envolve o apoio aos gestores de marketing no engajamento em diferentes estratégias de precificacão, apoiando na reação a estratégia de diferente competidores. O foco é estimar o preço ótimo de produtos de acordo com predições de cenários econômicos e predições de demanda.

Place (Lugar): Mapeando o espaço estratégicamente

O último P é o elemento de lugar. Esse elemento vem se tornando cada vez mais importante devido ao aumento do uso de dispositivos com GPS, como smartphones. Lojas podem entregar ofertas em tempo real baseadas na geolocalização de seus clientes.

Isso permite o marketing de oportunidades, no qual empresas lançam ofertas relâmpago para consumidores que estejam próximos de suas lojas.

Pode-se, também, prever a localização de clientes, considerando aspectos de mídias sociais, ofertando, antecipadamente, produtos e serviços que dependam da localização do cliente, como em viagens e eventos.

Experimente conhecer ainda melhor seus clientes

Em plena era da informação e competitividade entre empresas, é inegável que há poder em saber extrair dos dados informações quentes para incrementar decisões de marketing.  A atividade de Data Mining, antes de mais nada, é muito especializada: são necessários profissionais variados: uma equipe preparada para perceber as oportunidades e ir além dos números e gráficos.

As informações coletadas com base nessa atividade possibilitam inferir como investir esforços para conquistar o público e atingir suas necessidades reais. É uma estrada aberta para uma grande evolução relativa à capacidade de predizer as necessidades dos clientes.

Categorias: Big Data/Analytics

Nova chamada à ação

Deixe seu comentário

Receba o conteúdo do blog no seu e-mail!

Posts recentes