RECEBA O CONTEÚDO DO BLOG NO SEU E-MAIL!

Gestão da mudança: Gamificação para engajar diferentes perfis de colaboradores

Gamificação, Cultura de Inovação | Publicado por Time MJV on 26/out/2018 15:21:00

gamification-Copy.jpg

Já pensou como pode ser desafiador fazer a gestão da mudança no ambiente corporativo? É preciso pensar de forma conciliadora o engajamento das equipes, a diferenciação da companhia frente a um mercado competitivo, além da fidelização dos clientes. A gamificação é uma forma simples e inovadora de ajudar nesse processo.

Aplicar a mecânica de jogos no mundo corporativo é uma forma atraente de envolver diferentes perfis profissionais e aplacar a resistência à mudança. No contexto do varejo, por exemplo, a gamificação pode ser utilizada para redesenhar a forma que a marca se relaciona com seu consumidor. Entre as possibilidades, está uma plataforma que resulta em um bônus ao final da interação e opção de compartilhamento do resultado nas mídias sociais, estimulando o seu engajamento.


Estratégias de gamificação geram melhores resultados


A familiaridade com os games, no contexto de entretenimento, é o que torna essa incorporação nas estratégias da empresa mais palpável. De acordo com uma pesquisa da M2 Advisory Group, hoje, mais de um bilhão de pessoas se consideram jogadores ativos em todo mundo. Já no Brasil, cerca de 60 milhões de brasileiros possuem um console na sua residência.

A pesquisa também estima que em 2016 foram investidos US$ 2,8 bilhões em gamificação ao redor do mundo. A busca por alternativas gamificadas nos negócios é um sinal de que a maneira das empresas inovarem mudou. Segundo pesquisa realizada pelo Gartner, em 2015, 71% dos americanos que não estavam motivados no trabalho, ao usarem a gamificação como recurso, elevaram o ganho de produtividade em 80% e 90%.

Ainda segundo a Gartner, as empresas que implementam a gamificação conseguem obter uma melhora de 20% no engajamento dos funcionários com os processos produtivos e um crescimento de 250% nas receitas em comparação com os concorrentes que ainda não fazem uso dessa estratégia.

Em uma loja de móveis planejados em São Paulo, o uso de jogos virtuais fez crescer 18%, em menos de três meses, o número de orçamentos da empresa. Em outro caso, a gamificação foi utilizada na gestão da mudança de uma empresa, cliente da MJV, para diminuir os impactos negativos de uma implementação SAP, um software de gestão empresarial. Você pode acompanhar todo o processo deste case clicando aqui.

 

Design Thinking ajuda a conciliar expectativas e objetivos


Antes de começar a aplicar a mecânica dos jogos no seu negócio, é preciso fazer uma imersão no contexto da empresa para compreender quais mudanças precisam ser geridas e qual é o perfil do seu público-alvo ou da equipe envolvida, caso o objetivo seja melhorar a produtividade dos colaboradores.

Essa ação conta com o auxílio do Design Thinking, que possibilita a análise, ideação e o teste de protótipos anteriores à implementação do projeto. “Quais são os objetivos que eu preciso alcançar?” e “Que perfis irão fazer uso da gamificação?” são algumas das perguntas que devem ser feitas para traçar objetivos, metas e chegar à melhor solução gamificada que se alinhe com as expectativas da empresa. Tornar as pessoas mais proativas no processo, criar uma visão positiva e única de mudança e estimular a colaboração e integração, são alguns dos benefícios que uma empresa pode alcançar com a gamificação em um projeto de gestão da mudança.

 

Deseja gerir mudanças na sua empresa utilizando a gamificação? Entre em contato!

Categorias: Gamificação, Cultura de Inovação

RESUMO EXECUTIVO - GESTÃO DA MUDANÇA: COMO OS GAMES AUXILIAM NO PROCESSO

Deixe seu comentário

Receba o conteúdo do blog no seu e-mail!

Posts recentes