RECEBA O CONTEÚDO DO BLOG NO SEU E-MAIL!

Hackathon: como criar paixão por inovar em sua empresa

Transformação Digital | Publicado por Time MJV on 22/set/2016 14:58:28

Hackathons e a paixão por inovar em sua empresa - Blog MJVPara inovar na vida e nos negócios é preciso superar a rotina, transcender padrões. Por isso os hackathons são tão valiosos: propiciam uma quebra no dia a dia, uma imersão profunda e um objetivo coletivo que alinha os esforços em um mesmo sentido empresarial. 

Hackathon também é sinônimo de colaboração, competição, aprendizado,  troca, adrenalina, diversão, trabalho, encantamento e satisfação.

Nessa postagem vamos te mostrar dois aspectos da organização desse tipo de encontro: a definição do seu objetivo e a equipe organizadora que o compõe. Boa leitura!

Os métodos ágeis e as mudanças de paradigmas

Com o manifesto ágil no início dos anos 90 surgiram os métodos ágeis como contraponto importante aos modelos de gestão e engenharia de software tradicionais.

Enquanto o tradicional procurava valorizar o controle e a inflexibilidade fazendo com que pessoas atuassem como máquinas em uma linha de montagem altamente previsível, um grupo de desenvolvedores movidos pelo desejo de simplificação do trabalho e valorização do ser humano propôs o manifesto ágil, onde:

  • Indivíduos e interações são mais importantes do que processos e ferramentas;
  • Softwares funcionais são mais importantes do que documentação abrangente;
  • Colaboração do cliente é mais importante do que negociação de contratos;
  • Responder às mudanças é mais importante do que seguir um plano.

Essas características são, de alguma forma, uma resposta orgânica ao modus operandi da sociedade agora, na qual nada é permanente. O que está em curso, isso sim, é uma mudança cultural, devido às diferentes gerações que se comunicam na coordenação das empresas, e que determinam se há um maior ou menor engajamento em promover uma cultura empresarial voltada à inovação.

Uma maratona é mais uma ferramenta de mudança, que tem comos impactos transformar a cocriação em uma metodologia de trabalho, preparar equipes para novos desafios de projetos, o desenvolvimento de novas habilidades ou skills, dentre outros.

Para isso, é preciso que seja feito um diagnóstico do momentum da organização, e assim definir objetivos bem alinhados com as questões mais relevantes naquele cenário.

Definindo o objetivo 

Você pode almejar objetivos tais como:

- identificar estudantes com um bom potencial profissional, 
- melhorar a imagem da empresa junto ao público de empreendedores e desenvolvedores de software, 
- dar os primeiros passos no mundo dos hackathons, 
- treinar funcionários ou identificar novas soluções para um problema difícil.  O importante é definir em linhas gerais o que se pretende.

A definição do objetivo é crucial para direcionar o evento, inclusive a forma de divulgação e o perfil das pessoas que mais interessa convidar.

Sendo assim, busque um consenso entre todos os interessados.

A equipe organizadora

A organização e execução da maratona exige o envolvimento de uma equipe organizadora multidisciplinar, incluindo o chairman, mentores, palestrantes, equipe de apoio, profissionais de marketing, produtores de vídeos e fotos, integrantes da banca julgadora.

Chairman

Ele é a cola que mantém em sintonia de movimentos os participantes e toda a equipe organizadora. 

Deve estar presente desde o início do evento recebendo os participantes e toda a equipe e comandar toda a dinâmica, se comunicando com os participantes e com a equipe organizadora. 

Mentores

Mentores mostrarão o rumo a ser tomado às equipes.

Definirão as análises a serem realizadas, auxiliarão a direcionar os trabalhos para uma perspectiva mais interessante, atuarão na convergência de visões entre os membros das equipes e muitas vezes na sensibilização de que as pessoas estão trabalhando em um novo negócio.

Palestrantes

Escolha bem os palestrantes e os assuntos a serem ministrados, de forma a realmente agregarem valor ao trabalho que está sendo desempenhado. Se seu hackathon é institucional, uma boa estratégia é trazer pessoas de fora da organização para palestrarem.

Isso trará “ar fresco” e pode auxiliar na quebra de paradigmas e do próprio corporativismo. 

Equipe de apoio

Inclui os membros da equipe organizadora que auxiliam no uso do equipamento, apoiam no preparo do ambiente e transporte de equipamentos. Considere também a equipe que irá realizar atividades como servir o coffee break, limpar a sala, entre outros.

Profissionais de marketing

Diferentes ações podem ser disparadas por essa equipe, que deve mesclar habilidades para realização de marketing online e offline.

Produtores de vídeos e fotos

Importantes para a geração de parte da memorabilia, registrando não só os principais acontecimentos do evento mas também as ideias e seus criadores. Nesse sentido, é muito desejável que essa equipe tenha know-how para realizar entrevistas.

Banca julgadora

É a banca que irá avaliar o desempenho de todas as equipes que participaram do hackathon e selecionar as melhores. Essa seleção deve ser baseada em critérios pré-definidos.

Procure ainda selecionar bem os participantes da banca, levando-se em consideração suas experiências profissionais e reputação no mercado.

Categorias: Transformação Digital

New Call-to-action

Deixe seu comentário

Receba o conteúdo do blog no seu e-mail!