RECEBA O CONTEÚDO DO BLOG NO SEU E-MAIL!

Saiba quais são os 3 pilares de Lean Startup

Metodologia Lean | Publicado por Time MJV on 27/jun/2014 9:43:00

Tempos Modernos

Antes de tudo, esqueça os demorados planos de negócios. Muitas empresas não querem mais gastar tempo com processos burocráticos, além de dinheiro no desenvolvimento de produtos e serviços que o consumidor sequer deseja. Essas corporações adotaram uma postura empática e passaram a incluir o cliente no centro do seu processo de criação. Neste contexto, a metodologia Lean tem sido cada vez mais utilizada por grandes companhias e startups, com a promessa de inovar, transformar e trazer chances maiores para que negócios cresçam e prosperem de forma eficiente e objetiva.

O conceito de Lean - que em português quer dizer “enxuto” – é bastante conhecido na gestão e indústria tradicionais. Ele vem de Lean Manufacturing, uma abordagem surgida nos anos 50, na indústria automobilística japonesa, que envolve a identificação e eliminação sistemática de desperdícios. Se você assistiu ao clássico filme Tempos Modernos, certamente vai se lembrar das cenas em que Chaplin aparece trabalhando em uma linha de montagem. É claro que há um exagero em alguns aspectos, mas a redução do desperdício, inclusive de tempo, deve ser considerada também no modelo lean. Afinal, tempo é dinheiro.

Inspirado nessa ideia, o americano Eric Ries criou o termo Learn Startup - uma metodologia de negócios que pretende eliminar práticas de desperdício e aumentar ações de produção de valor durante a fase de desenvolvimento de um produto ou serviço. Seu objetivo é chegar ao conceito certo de um produto – chamado de Produto Mínimo Viável -, identificar quem são os clientes dispostos a pagar por ele e se é possível montar um negócio que se sustente. O método Lean Startup pode ser utilizado para avaliar o desenvolvimento de qualquer produto ou serviço em que haja incerteza sobre o interesse do cliente. O mais importante na metodologia é que ela permite respostas rápidas provenientes dos processos de experimentação de protótipos e de feedback dos clientes.

Saiba quais são os 3 pilares de Lean Startup

1) Customer Development

Processo contínuo de interação com o consumidor que visa testar e validar suas hipóteses sobre clientes, produto e mercado, englobando pesquisas quantitativas e qualitativas. Ou seja, é preciso ouvir o cliente - usando a empatia e colocando-se no seu lugar para compreendê-lo - para criar algo que ele realmente queira. A melhor forma de fazer isso é perguntar para ele quais são suas demandas e, então, criar o produto ou serviço a partir disso.

2) Desenvolvimento Ágil

Aplicação de metodologias, tais como XP e Scrum (métodos de desenvolvimento de software e gestão que fogem ao modelo tradicional ao levar em conta os indivíduos e ser capaz de responder a mudanças), que ajudam muito na gestão de projetos no dia a dia, aumentando a velocidade do aprendizado por meio de feedback dos clientes/usuários.

3) Plataforma tecnológica de baixo custo

Existem diversas ferramentas gratuitas (Google Docs, Google Sites, WordPress, Basecamp, Ruby on Rails, Evernote, EC2 etc) que podem ajudar a criar uma estrutura muito boa de tecnologia da informação gastando pouco.

 

Gostou do assunto? Então baixe o whitepaper abaixo e descubra como a metodologia Lean pode ser aplicada ao User Experience em sua empresa.

Categorias: Metodologia Lean

Nova chamada à ação

Deixe seu comentário

Receba o conteúdo do blog no seu e-mail!