RECEBA O CONTEÚDO DO BLOG NO SEU E-MAIL!

O que é Buyer Persona - Conhecendo o Cliente Ideal

Design Thinking, Jornada do Usuário | Publicado por Time MJV on 22/mar/2018 17:17:00

Buyer Personas - Blog MJV

O mercado acompanha as mudanças ocasionadas pela Transformação Digital – o perfil dos seus consumidores muda com a mesma velocidade com que novos produtos e tecnologias são lançados. Neste cenário, a cultura de inovação é essencial: compreender desejos e necessidades do usuário final é indispensável para entender a aderência e aceitação de um novo produto ou serviço no mercado.

A ferramenta de Buyer Personas, aliada a diferentes estratégias pautadas no Design Thinking, permitirá que sua equipe escute o que os seus clientes em potencial têm a dizer. Além de impactar o próprio desenvolvimento de produtos e serviços, a ferramenta também é capaz de orientar sua estratégia de marketing, identificando comportamentos específicos do seu público-alvo.

A buyer persona permite entender os públicos e também os "não público": aqueles consumidores que podem até se tornar clientes um dia, mas o investimento (de tempo, dinheiro, recursos) talvez não compense no momento atual. Estas definições permitem direcionar o esforço para os clientes mais propensos a fechar negócio com a empresa.  

De forma sucinta, personas são personagens ficcionais que representam diferentes tipos de usuários para um possível produto ou serviço.

E o que é Buyer Persona?

Buyer Persona é um personagem semi-ficcional, que representa o cliente ideal de uma empresa.

O primeiro passo para a criação da buyer persona é a Imersão no universo dos usuáriosO Design Thinking oferece uma série de técnicas para a realização desta etapa: Sombra, Entrevistas Semi-estruturadas, Um Dia na Vida, Cliente Oculto, entre outras. Também é realizada uma pesquisa etnográfica para investigar comportamentos, hábitos de vida social, conhecimentos, ideias e habilidades do grupo em análise.

Como criar a Buyer Persona

A partir do material coletado, é possível identificar grupos de características, desde aspectos demográficos, como faixa etária e classe social, até perfis comportamentais. Em seguida, essas informações são cruzadas e analisadas, usando como orientação os perfis identificados durante a imersão. Assim, a buyer persona é concebida.

A criação de uma buyer persona requer um time experiente e familiarizado com as diferentes técnicas, para a estruturação de um personagem que impulsione o potencial de vendas do seu produto à sua plenitude.

Exemplo de Buyer Persona

Veja aqui o exemplo real de uma Buyer Persona criada em um dos projetos da MJV:

Buyer Persona Mônica - Blog MJV

Projetos de Inovação e Buyer Personas

Como os processos de inovação baseados no Design Thinking têm como foco os usuários, Buyer Personas são uma fonte para a criação de soluções mais assertivas. O que a Mônica gosta, o que atrairia ela?

A ferramenta de Buyer Persona têm sido usada para apoiar o lançamento de novas séries de TV, cosméticos, produtos alimentícios e serviços mais assertivos.

Categorias: Design Thinking, Jornada do Usuário

Resumo Executivo: Internet das Coisas aplicada aos negócios

Deixe seu comentário

Receba o conteúdo do blog no seu e-mail!

Posts recentes