RECEBA O CONTEÚDO DO BLOG NO SEU E-MAIL!

Por que observar atentamente as Fintechs

Transformação Digital | Publicado por Time MJV on 14/mar/2016 2:30:00

Vamos falar sobre Fintech - Blog MJV

Procedimentos financeiros ainda podem ser burocráticos e demorar alguns dias úteis para serem homologados. Sem contar a quantidade de fraudes registradas em desvios e clonagens.

A resolução desses problemas é o desafio das Fintechs (financial technologies), uma área de negócios multimilionária baseada em startups que estão revolucionando a tecnologia financeira global.

A promessa para os usuários é a de um serviço melhor e até com menores taxas, como é o caso do Nubank. Para as instituições bancárias, uma possibilidade de gerar transações. Para as empresas, facilidade em operações e novos modelos de negócios baseados em inovações bancárias.

Benefícios da tecnologia na área financeira

A leitura biométrica, que começou a ser automatizada e testada pioneiramente pelo FBI na década de 60, representou uma transformação digital que trouxe segurança e conectividade, e configura oportunidades de inovação aplicada às melhorias no funcionamento desses equipamentos. Nem todos os bancos adotaram a biometria até o presente momento, mas cada vez mais precisarão garantir que as transações bancárias sejam cômodas e seguras para se manterem no mercado. 

Nos últimos 5 anos, os investimentos nas tecnologias de otimização das atividades financeiras cresceram na ordem de 2 bilhões e 400 mil dólares, segundo sites especializados. Esse avanço nos investimentos tem ocorrido desde 2013 e os investidores só aumentam graças ao retorno que as Startups estão dando aos empreendedores.

As tecnologias dão vida a novas formas de concretizar a contratação de cartões de crédito, transferências de capital e outras transações bancárias. Como constata-se, operações que já exigiram tempo e dedicação de funcionários, podem se resumir a simples cliques em um celular.

A redução de filas e necessidade de recursos humanos, o conforto dos usuários, a segurança e a inteligência no processo bancário são alguns um temas recorrentes quando falamos em FinTechs, afinal todos os processos de compra e venda são quase sempre mediados pelo sistema econômico. 

FinTechs possibilitam ainda:

- Maior controle financeiro, permitindo que os aplicativos programem gastos e aplicações.

- Empréstimos de forma mais simples, com crédito fácil e capital líquido agilmente disponível.

- Valores de juros para empréstimos mais baixos do que os valores cobrados por bancos.

- Maior segurança em relação a taxas que podem ser cobradas de forma “oculta”, que acabam se tornando surpresas posteriormente.

Em busca do lucro 

Em busca do lucro - Blog MJV

Para ter uma noção melhor do crescimento das FinTechs, em maio de 2015 verificou-se que existiam cerca de 20 a 25 startups dedicados ao setor financeiro somente em São Paulo. Seis meses depois se constatou que este valor dobrou em quantidade, passando para quase 50 startups com o objetivo claro de inovar tecnologicamente as transações econômicas.

Este fator de crescimento fez com que São Paulo se tornasse a sede de um evento internacional de empresas da área, chamado de Fintech Venture Days. O evento consiste em um concurso internacional que premia as melhores startups do setor financeiro, que alavancam na verdade a economia como um todo, não apenas um ou outro segmento. 

Os empreendedores vêem a tecnologia como um meio de alcançar seus objetivos de uma forma rápida e lucrativa.

 

Exemplos de inovação em FinTechs

Simples exemplos inovadores - Blog MJV

A Nubank, startup que inovou ao oferecer um cartão de crédito sem taxa ao usuário, cresceu de forma surpreendente no seu primeiro ano de existência, e já possui uma lista de espera de mais de 300.000 pessoas.

Outro aplicativo de destaque é o Guia Bolso, lançado em 2014 para organizar os gastos e recebimentos pessoais. O aplicativo obteve um milhão de usuários com um ano de criação, mostrando como a tecnologia tem movimentado transações econômicas. 

Esses exemplos revelam a mudança de comportamento dos usuários, que adotam rapidamente as novidades que melhoram a usabilidade. 

 

Categorias: Transformação Digital

New Call-to-action

Deixe seu comentário

Receba o conteúdo do blog no seu e-mail!

Posts recentes