RECEBA O CONTEÚDO DO BLOG NO SEU E-MAIL!

Big Data: Entenda o seu consumidor para gerar mais negócios

Big Data/Analytics, Jornada do Usuário | Publicado por Time MJV on 14/nov/2017 14:22:50

pexels-photo-147408.jpeg

Nos últimos anos, o avanço da tecnologia modificou a forma como o usuário se relaciona com uma marca. A facilidade de acesso à informação também alterou a jornada de compra do consumidor, que hoje começa a busca por um produto ou serviço na Web e pode - ou não - terminar na loja física. Nesse trajeto até a finalização da compra, o cliente entra em contato com a marca diversas vezes no ambiente virtual, seja no site, redes sociais, chat, e-mail e até em canais com vídeos explicando formas de usar. Nesse contexto, o Big Data fornece dados importantes sobre o comportamento dos clientes.

Big Data refere-se aos dados que crescem desestruturada e exponencialmente no mundo e são norteados por três fatores: volume, variedade e velocidade de dados. Analisar essas informações é essencial para a tomada de decisões mais assertivas em um negócio. Para extrair as vantagens competitivas a partir dos dados, é necessário saber o que se deseja com eles. É o que afirma Jorge Mendes, diretor estratégico de Business Intelligence da MJV.  Para o especialista, é essencial decidir quais problemas precisam ser resolvidos. Questões como “de que forma podemos mudar a estratégia de publicidade do nosso cliente, com o objetivo de aumentar as vendas?” orientam a administração e implementação do Big Data.

Big Data: A análise dos dados é o que realmente importa

Os dados disponíveis não servem apenas para traçar um perfil do consumidor no ambiente web. No filme O Homem que Mudou o Jogo (Moneyball), por exemplo, um treinador com o desafio de dirigir um time de baseball de baixo orçamento decide empregar a análise de dados para melhorar o desempenho de seus jogadores.

O cruzamento de diferentes tipos de informações sobre o usuário, como compartilhamento de informações em diferentes plataformas, dados de geolocalização, entre outros, permite acompanhar o comportamento do usuário, entender suas motivações, expectativas e adequar o seu negócio para melhor atendê-las.

Os desafios do Big Data como ferramenta para gerar negócios incluem melhorar o poder de coleta, estruturação e interpretação das informações que já estão disponíveis. Assim, é possível gerar insights para um negócio, inovar com base na melhor interpretação dos dados, coordenar de forma mais elaborada processos, políticas, pessoas e tecnologias para administrar os ativos de informação e tomar decisões mais eficientes que gerem resultados positivos em seu negócio.

Empresas precisam estar atentas às mudanças no comportamento do consumidor

O enorme fluxo de dados disponíveis hoje foram criados devido o advento da internet e a era dos smartphones. Em pesquisa feita pela Provokers - com 1011 usuários de smartphones, entre 14-55 anos, das classes ABC de todo o Brasil -  observou-se que o processo de compra começa muito antes da ida ao espaço físico. A pesquisa feita este ano constata que 79% dos usuários de smartphones esperam obter informações imediatas quando procuram por algo.

Vivemos a era do imediatismo, em que os indivíduos substituem a busca feita no desktop por smartphones, enquanto realizam outras várias tarefas - como mandar mensagens, assistir a vídeos, compartilhar algo nas redes sociais, etc. Além de não tolerarem experiências ruins com os sites - ainda segundo a pesquisa, 50% dos consumidores abandonam um site mobile que demora mais de 3 segundos para carregar, o que revela a busca por experiências cada vez mais aperfeiçoadas durante sua jornada de compra.

E-commerce de diferentes setores, por exemplo, podem compilar enormes volumes de dados a fim de criar históricos dos consumidores, a partir da quantidade de cliques ou interação, e não apenas mantendo o registro final das vendas. Usando as informações do histórico e do volume de dados, é possível fazer recomendações de compras adicionais e promover a vantagem competitiva. A importância está na velocidade com que se obtém feedback, a partir dos dados de entrada até a tomada de decisão.

Big Data na jornada de compra do usuário

Clique no vídeo para saber como utilizar o Big Data na jornada de compra do consumidor

 

A análise dos dados disponíveis sobre a jornada de compra do seu consumidor pode responder a importantes questões, dando embasamento para novas ações no sentido de gerar mais negócios, como:

  1. Qual o perfil dos seus consumidores de maior valor?
  2. Que campanhas mais motivam este consumidor a comprar?
  3. Que padrões de comportamento eles apresentam?
  4. Como e quando abordar este consumidor?
  5. Quais são as campanhas de melhor performance em múltiplos canais?
  6. Que combinações de campanhas geram mais vendas? E quanto mais?

Uma vez respondidas e compreendidas essas questões, as decisões tomadas passam a apresentar resultados cada vez mais positivos, tangíveis, mensuráveis e em conformidade aos objetivos do seu negócio.

Categorias: Big Data/Analytics, Jornada do Usuário

palestra online - desmistificando o big data

Deixe seu comentário

Receba o conteúdo do blog no seu e-mail!

Posts recentes